Upravit stránku

Competindo

Em Pardubice, as corridas têm uma longa e variada tradição que remonta a 1842. A corrida Velká pardubická steeplechase, juntamente com a Grande Fossa de Taxis, tão temida, ganhou a sua reputação bem além das fronteiras da República Checa e tornou-se uma das corridas mais difíceis e mais antigas do continente europeu. Além disso, muitos jóqueis consideram a participação nesta corrida como o máximo da sua carreira na equitação. Poucas pessoas, no entanto, não sabem  que a Velká pardubická estava de fato ligada às caças de parforce das quais a nobreza desfrutava no século 19 e as quais tornaram famosa a cidade de Pardubice  no âmbito do Império Austríaco, da Áustria-Hungria e em toda a Europa. Desde então, a corrida registou algumas mudanças - o comprimento do traçado aumentou e a disposição dos obstáculos mudou. A Grande Fossa de Taxis, no entanto, assusta os jóqueis constantemente.

Velká pardubická

A história da Velká pardubická data de 1874, quando os cavalos pela primeira vez venceram o traçado desta corrida. Naquela época, ninguém parecia pensar em quão grandioso era o futuro desta steeplechase. A famosa Velká pardubická steeplechase tem lugar sempre no segundo domingo de outubro. A tradição foi interrompida apenas por um mau tempo em 1876 e 1908, por ambas as guerras mundiais e pela chegada das tropas soviéticas em 1968. Hoje, a Velká pardubická representa o topo da temporada de corridas checa e uma das corridas mais difíceis em toda a Europa. Ela é um evento não apenas desportivo, mas também um evento social em que se mistura o cheiro de perfumes caros com o cheiro de suor de cavalo. O traçado da Velká pardubická é 6.900 metros de comprimento, os jóqueis e os cavalos lá superam 31 obstáculos. O mais famoso deles é a Grande Fossa de Taxis, uma fossa  com cinco metros de comprimento e um metro de profundidade, escondida aos cavalos, até ao último momento detrás da sebe com altura de 150 cm; esta é o obstáculo que se salta apenas na Velká pardubická. Mas antes da própria participação os jóqueis e os seus cavalos devem primeiro passar uma série de quatro partes de qualificações e acabar sem cair pelo menos uma das corridas de qualificação. Só então podem participar nesta corrida lendária, cujo maior vencedor é o jóquei e treinador Josef Váňa. Ele alcançou a vitória oito vezes no total, quatro vezes na sela do cavalo Železník.

Agrofert parque

O hipódromo Pardubice com a extensão de 54 hectares é uma área moderna de corrida e equitação de parâmetros europeus onde tem lugar uma das corridas de obstáculos mais difíceis no continente europeu – a Velká pardubická steeplechase. Mas, o hipódromo de Pardubice, no âmbito da sua temporada de corridas de cavalos que  funciona de maio a outubro, oferece muito mais eventos. Uma outra corrida de prestígio é a Taça de Ouro, que lá tem lugar por mais de um quarto de século. Esta é a steeplechase  clássica, também chamada de Taça de Ouro do Presidente da Câmara dos Deputados do Parlamento da República Checa. Também vale a pena mencionar o Campeão da  República Checa no Concurso Completo destinado para todas as categorias de  idade, desde as crianças através dos júniores até aos séniores, indivíduos e equipas. Os cavaleiros e os seus cavalos têm que dominar  durante as corridas três disciplinas no total - adestramentos, percursos e  cross.
Aos grandes eventos com uma longa tradição pertence também a exposição international Cavalos em Ação, todos os anos  concebida tematicamente pelos organizadores. A exposição oferece aos especialistas e leigos não só desfiles de criação, mas também demonstrações de habilidades desportivas e de trabalho dos cavalos de todas as raças e tamanhos. Você pode ver aqui as raças de cavalos a partir do mini-horse até aos cavalos de sangue frio que competem, por exemplo, na tração pesada ou na aração. No decorrer do ano, é possível visitar o hipódromo e as cavalariças com um guia.

Mais informações: www.pardubice-racecourse.cz